Bateu Bwe
Image default
Cult & Art Especial

Prêmio Ensa Arte deixa artista Uolofe Griot emotivo e de sorriso aberto

No cair da tarde do dia 12 de abril, Quinta-feira, o Palácio de Ferro foi o palco do evento “Prêmio Ensa Arte” que vai na sua 16° edição, congratulou pintores, escultores e esculturas cerâmicas.

O evento teve como apresentador Sérgio Rodrigues, por sua vez, o momento cultural ficou sobre a responsabilidade da orquestra infantil do “Kapossoka“. A cerimónia de outorga começou com menção honrosa à escultura, “O temporizador humano” de Valeriano Kapako, pintura “Ambicionei até a menopausa” de Fernando Kidissuka e a obra “Mwana Pwo” de Adriano João Luís Gaspar.

Sobre o prêmio de pintura, O primeiro classificado foi Simão André Sebastião com a obra “Os Perdidos”, que foi agraciado com um cheque de seis milhões de kwanzas (6.000.000,00), o segundo classificado foi Josilina Pemba Kingali com a obra “Ritual Union“, que recebeu três milhões e quinhentos mil kwanzas (3.500.000,00).

Em entrevista à esposa de Simão Sebastião, disse: “Estou feliz pelo trabalho da ENSA, dos júri, acompanho e trabalho com Uolofe Griot (Simão Sebastião) há muito tempo que só tenho a dizer: “que é tudo nosso”, esperava por um prêmio, mas não esta distinção, isso é resultado de muito trabalho porque o Uolofe deixa de fazer coisas que lhe são prioridades para dar vida ao seu trabalho“.

No prêmio escultura, o primeiro classificado foi o Virgílio Manuel Pinheiro com a obra “Sagrada esperança“, o segundo classificado foi o Jermano Paulino da Silva com a obra “O imigrante“.

Prêmio juventude de escultura foi atribuído ao Luís Mário Caumba com a obra “Borboleta da vida“.

Prêmio juventude de pintura foi para Obra “nossa luta” de Denise Diogo Luís.

Prêmio Alliance Française foi para a obra “imigração e culturas“.

E por fim, o prêmio que entra para o desafio este ano, que é especial para a cerâmica, ficou com Márcia Antônio Simão.

No final, Jucelina Kingali justificou o grito que deu: “Vou dar casamento” isso quando ouviu a ser chamado seu nome, adiante reiterou: “nos dias de hoje, o casamento é um acto conjugal social, não só o homem, mas também as mulheres já podem ajudar no caso de tiver condições“. Finalizou dizendo à segunda classificada do prêmio de pintura.

Texto: Cardoso Lopes

Artigos semelhantes

Dois anos depois, Velho Kipacaça lança segundo volume do vendedor de esperanças com destaque ao “perdão”

Bateu Bwe

CINEMAX comemora 2º aniversário do 4DX com ante-estreia da segunda parte de Jumanji

Bateu Bwe

Fotografo angolano Santo César conquista dois prêmios no concurso “Edição da EPA AWARDS”

Ildo Espinha

Comente

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Saber Mais

Privacidade & Politica de Cookies
Conteúdo protegido