Bateu Bwe
Image default
Cult & Art

Talento de Jessé Manuel encanta embaixador de Portugal em Angola

Há encontros felizes. Ontem, Francisco Alegre Duarte, Embaixador de Portugal em Angola, recebeu uma fotografia assinada por Jessé Manuel, fotógrafo que já acompanhava e que pretendia conhecer em breve.

Luanda, 13 de Maio de 2022, Jessé Manuel é um nome que dispensa apresentações.

Todos nós já vimos fotografias que captam momentos irrepetíveis e lugares de sonho por esta nossa Angola. Ontem, este nosso conceituado fotógrafo, que em tempos fez carreira na engenharia civil, descobriu mais um seguidor atento do seu trabalho: Francisco Alegre Duarte, Embaixador de Portugal em Angola. Foi no decorrer de uma visita à Cetano, empresa do sector automóvel que está em Angola há mais de 90 anos através da Robert Hudson e há pelo menos 32 com marca própria. Fernando Leite, Director Geral, ofereceu ao embaixador uma fotografia assinada por Jessé na presença do autor. E eis senão quando Francisco Alegre Duarte revela que há muito queria conhecê-lo, que já o segue há nas redes sociais e que este é um presente que guardará para a vida.


Visivelmente satisfeito, Jessé retribuiu a intenção e agradeceu o reconhecimento. “Sentir que o nosso trabalho é seguido e admirado por diversas pessoas é o que de mais relevante existe na carreira de um artista. Fico realmente satisfeito com esta revelação, porque Francisco Alegre Duarte tem demonstrado estar atento a Angola e cultivar uma relação de proximidade não só com os decisores, mas com as comunidades que vai visitando. Soube que há pouco tempo esteve no Lubango – minha cidade natal – e que regressou de lá satisfeito. Não nos cruzámos. Mas haverá de acontecer. Ou por lá, ou pelo Namibe, um paraíso que me prende e onde o Sr. embaixador irá também pelo surf”.
Francisco Alegre Duarte agradeceu à Caetano esta oportunidade de conhecer pessoalmente Jessé Manuel e deixou um incentivo ao artista para que a arte não pare e se possam encontrar em breve.

Artigos semelhantes

Higino Carneiro recorda os nacionalista no livro “Memórias: Soldados da Pátria”

Bateu Bwe

Faltam poucos dias para a grande estreia de “Chocolate Com Pimenta”

Bateu Bwe

“Preciso que o governo não nos trate só como kuduristas, Nos trate como artista” Tony Amado

Ildo Espinha

Comente

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Saber Mais

Privacidade & Politica de Cookies
Conteúdo protegido